parallax background

Gastronomia japonesa com padrão internacional

A Uni tem uma cadeia própria de abastecimento, importando ingredientes nobres das melhores marcas e pescados especiais, o que resulta em um produto final equiparável às melhores casas do ramo, com um custo-benefício sem igual.

Gastronomia japonesa com padrão internacional

A Uni tem uma cadeia própria de abastecimento, importando ingredientes nobres das melhores marcas e pescados especiais, o que resulta em um produto final equiparável às melhores casas do ramo, com um custo-benefício sem igual.

parallax background

Arroz

O arroz utilizado no preparo dos sushis da Uni vem da Califórnia, EUA. É um arroz de grão curto super premium, resultado da combinação de arroz Koshihikari e arroz Yumegokochi, com sabor rico e de textura excelente que se difere por manter o centro mais firme após cozido, o que possibilita sentir cada grão na boca.

Shoyu Kikkoman

Reconhecida como uma das mais tradicionais empresas alimentícias do Japão, a Kikkoman é líder mundial em produção de shoyu. Com mais de 300 anos de história, a empresa conta com um processo quase artesanal de fabricação, com fermentação 100% natural. Possui três bases de produção no Japão e sete no exterior, mantendo a mesma qualidade de fabricação do shoyu em todas elas. O shoyu possui uma cor avermelhada, o que realça a aparência dos alimentos e abre o apetite. É composto pelos quatro elementos do sabor — doce, azedo, amargo e salgado — e pelo umami, que é o quinto sabor e significa delicioso e apetitoso, acrescentando profundidade ao sabor do shoyu. Contendo mais de 300 tipos de notas aromáticas como flores, uísque, café, entre outras; o shoyu produzido por meio de fermentação natural é beneficiado pela mistura harmônica de tais notas para formar um aroma único.

parallax background

parallax background

Origem dos pescados

Peixes importados – de acordo com a estação
Vieiras – Canadá
Hokkigai (molusco do Ártico) – Canadá
Enguia (unagi) – Canadá
Ovas salmão
Ovas de Massago
Atum gordo bluefin
Salmão

Pescados nacionais

Peixe branco – Brasil (valorizamos o pescado regional e respeitamos a disponibilidade de cada estação).

Tipos de peixes encontrados no Espírito Santo: Robalo, linguado, olho-de-boi, olho-de-cão, carapau, sarda, tira-vira, pampo, peixe-galo, pargo, cavalinha, entre outros.

Tipos de shoyu

Koikuchi: Representando mais de 80% de todos os molhos de soja japoneses, o Koikuchi tem sua origem na região de Kanto, no Japão, e passou a ser amplamente usado em todo o país e no resto do mundo. O Koikuchi é feito de partes iguais de soja e trigo e tem um sabor mais forte e profundo.

Usukuchi: Este molho de soja de cor mais clara e sabor mais suave é responsável por aproximadamente de 10 a 15% dos molhos de soja consumidos no Japão e no mundo. Sua receita usa mais sal do que a receita do Koikuchi, conferindo ao produto final um sabor mais salgado e menos fermentado do que a maioria dos outros molhos de soja, mas, mesmo assim, ainda tem o sabor mais leve e suave. O Usukuchi é originário da região de Kansai, no Japão, e é muito utilizado em pratos que requerem um sabor mais sutil de umami.

Tamari: É um tipo mais escuro de molho de soja, originário da região de Chubu e é a variedade de shoyu que mais se assemelha à receita original. É o único molho de soja feito sem trigo, com uma maior quantidade de soja e menor quantidade de água, o que confere ao produto final um sabor denso de umami. Por não conter trigo em sua receita, é um produto sem glúten.

parallax background

Arroz

O arroz utilizado no preparo dos sushis da Uni vem da Califórnia, EUA. É um arroz de grão curto super premium, resultado da combinação de arroz Koshihikari e arroz Yumegokochi, com sabor rico e de textura excelente que se difere por manter o centro mais firme após cozido, o que possibilita sentir cada grão na boca.

Shoyu Kikkoman

Reconhecida como uma das mais tradicionais empresas alimentícias do Japão, a Kikkoman é líder mundial em produção de shoyu. Com mais de 300 anos de história, a empresa conta com um processo quase artesanal de fabricação, com fermentação 100% natural. Possui três bases de produção no Japão e sete no exterior, mantendo a mesma qualidade de fabricação do shoyu em todas elas. O shoyu possui uma cor avermelhada, o que realça a aparência dos alimentos e abre o apetite. É composto pelos quatro elementos do sabor — doce, azedo, amargo e salgado — e pelo umami, que é o quinto sabor e significa delicioso e apetitoso, acrescentando profundidade ao sabor do shoyu. Contendo mais de 300 tipos de notas aromáticas como flores, uísque, café, entre outras; o shoyu produzido por meio de fermentação natural é beneficiado pela mistura harmônica de tais notas para formar um aroma único.

parallax background

Origem dos pescados

Peixes importados – de acordo com a estação
Vieiras – Canadá
Hokkigai (molusco do Ártico) – Canadá
Enguia (unagi) – Canadá
Ovas salmão
Ovas de Massago
Atum gordo bluefin
Salmão

Pescados nacionais

Peixe branco – Brasil (valorizamos o pescado regional e respeitamos a disponibilidade de cada estação).

Tipos de peixes encontrados no Espírito Santo: Robalo, linguado, olho-de-boi, olho-de-cão, carapau, sarda, tira-vira, pampo, peixe-galo, pargo, cavalinha, entre outros.

parallax background

Tipos de shoyu

Koikuchi: Representando mais de 80% de todos os molhos de soja japoneses, o Koikuchi tem sua origem na região de Kanto, no Japão, e passou a ser amplamente usado em todo o país e no resto do mundo. O Koikuchi é feito de partes iguais de soja e trigo e tem um sabor mais forte e profundo.

Usukuchi: Este molho de soja de cor mais clara e sabor mais suave é responsável por aproximadamente de 10 a 15% dos molhos de soja consumidos no Japão e no mundo. Sua receita usa mais sal do que a receita do Koikuchi, conferindo ao produto final um sabor mais salgado e menos fermentado do que a maioria dos outros molhos de soja, mas, mesmo assim, ainda tem o sabor mais leve e suave. O Usukuchi é originário da região de Kansai, no Japão, e é muito utilizado em pratos que requerem um sabor mais sutil de umami.

Tamari: É um tipo mais escuro de molho de soja, originário da região de Chubu e é a variedade de shoyu que mais se assemelha à receita original. É o único molho de soja feito sem trigo, com uma maior quantidade de soja e menor quantidade de água, o que confere ao produto final um sabor denso de umami. Por não conter trigo em sua receita, é um produto sem glúten.

Prepare seus hashis

Cadastre seu e-mail e receba promoções, curiosidades e lançamentos do melhor sushi do Espírito Santo.